sexta-feira, 13 de maio de 2011

'Adicionamos novas músicas para o show no Brasil', diz Miley Cyrus

Cantora falou sobre show na coletiva de imprensa que aconteceu no hotel Copacabana Palace nesta sexta, 13.

        Miley Cyrus na sacada do hotel Copacabana Palace, no Rio

De vestido coladinho e com as pernas de fora, Miley Cyrus posou na varanda do hotel Copacabana Palace nesta sexta, 13, antes de dar uma entrevista coletiva. Sorridente e com o sotaque carregado, a cantora explicou - numa entrevista que durou pouco mais que 15 minutos - que os fãs brasileiros pediram músicas pelo Twitter para seus shows, nesta sexta no Rio e no sábado, 14, em São Paulo: "Adicionamos músicas novas para os shows no Brasil, mas não tem música brasileira."

Ela se mostrou impressionada com os fãs daqui. "Tem uma diferença enorme entre os fãs latinos e os americanos. Amo os americanos, mas nunca vi ninguém dormir na porta do meu hotel e gritar meu nome sem parar." E completou: "Queria ir a lugares em que as pessoas não me julgassem, não julgassem os shows. Aqui é a música que importa, eles me pediam para vir porque gostam da minha música", disse a cantora, que afirmou estar adorando a passagem pelo Rio de Janeiro.

"O Rio está sendo um dos meus lugares favoritos porque tivemos um dia de folga e pudemos relaxar. Gostei muito da praia que fui ontem", disse ela, que foi à praia da Reserva, na Zona Oeste do Rio. "Quero voltar para conhecer melhor, mas nada de lugares turísticos. Queria que alguém me levasse a lugares onde os locais vão." Quem sabe para aprender a sambar? "Não sei nada de samba, só conheço as músicas de um vídeo de exercícios que minha mãe tem. Se vocês quiserem ela pode demonstrar.", disse desviando a atenção para Tish Cyrus, que acompanhava a entrevista no fundo do salão.
Segura, ela não hesitou em responder nenhuma das perguntas pré-selecionadas por sua produção. Com a sabedoria de quem cresceu diante das câmeras, ela não aconselha seu estilo de vida aos fãs: "Tenho uma irmã que quer ser cantora, mas eu digo para ela esperar para não perder parte da infância e da adolescência. Mas se é isso mesmo que a pessoa quer só posso dizer: 'estude muito e não deixe outras pessoas poluírem sua cabeça'." Apesar de demonstrar um certo arrependimento em ter começado a carreira tão cedo, ela não sente falta da escola: "Eu só frequentei a escola até a sexta série. Eu sofria bullying, então estava feliz em não estar ali."

Carreira dividida
Assim como a personagem que lhe deu fama, Miley leva uma vida dupla. Decidir entre a vida de atriz e a de cantora parece ser a questão que mais pertuba a estrela teen: "Eu gosto dos dois, mas quando estou em turnê fico focada na música. Fazendo cinema eu tenho o diretor mandando eu agir de uma certa maneira, já com a música tenho mais liberdade. Mas é díficil, gosto dos dois".

Em breve, ela lança dois filmes no cinema- "LOL" e "So Undercover": "'LOL' eu fiz por mim, gostei muito da história. E "So Undercover" é uma comédia muito divertida". Além destes projetos, ela avisa que quer gravar um novo álbum: "Depois da turnê, eu devo parar só por uma ou duas semanas para eu não ficar entediada e enlouquecer meus pais. Queria muito gravar um álbum agora, mas com os filmes passarei muito tempo fazendo divulgação. Espero ter tempo para fazer um álbum." E a TV? "Não sei se quero voltar a fazer TV. Não gosto de ter um cronograma, mas não posso dizer que nunca mais faria."
Veja o video:http://www.youtube.com/watch?v=e8Ye241SGOk



Turnê
Intitulada Gipsy Heart ("Coração Cigano", em tradução livre), a turnê de Miley passará apenas pela América do Sul e pela Austrália. O tema cigano foi inspirado no pai da cantora, o também cantor Billy Ray Cyrus:"Meu pai estava sempre em turnê, então cresci nesse meio. Nunca estive em um lugar por muito tempo, deixava famíia e amigos para trás. Você leva seu coração com você."

Em dois meses, ela fará 20 apresentações em 18 cidades diferentes. Como ela faz para manter o pique? Nem ela sabe: "Honestamente, eu não sei como eu aguento. Acho que sou maluca", disse aos risos. Nos shows, ela mostra seu lado roqueira com covers de Joan Jett: "Ela é meu maior ídolo. O auge foi poder cantar com ela. Escolhi alguns clássicos do rock porque quero mostrar o que me inspirou", continuou ela, que cantou Nirvana em um show recente.

Twitter
Como a maioria dos adolescentes, Miley não desgruda do celular e não sai do Twitter: "O Twitter é minha maneira de me comunicar com os meus fãs, é assim que sei o que eles querem ouvir", disse ela, que já viveu situações estranhas no site relacionamento. "A coisa mais estranha foi uma pessoa que ameaçou matar um gato porque eu não twittava mais. Achei um pouco demais, não sou uma matadora de gatos", contou.


Bigodes??
Miley adora postar fotos suas de bigodes, mas nem ela sabe explicar direito o motivo: "É uma brincadeira minha e do meu irmão. Quando estou longe mando fotos minhas de bigode e ele faz o mesmo", se diverte.

Veja fotos de Miley
                        Miley Cyrus posa na varanda do Copacabana Palace.

Miley Cyrus na varanda do Copacabana Palace deixa sua tatuagem à mostra.


Não percaa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário